Avaliação de protocolos para extração de DNA Genômico de sangue Bovino

##plugins.themes.bootstrap3.article.main##

Bruno do Amaral Crispim
André Vieira Nascimento
Renata da Silva Romero Ândrea
Juliana dos Santos Fernandes
Alexandre Campos Banari
Leonardo de Oliveira Seno
Alexéia Barufatti Grisolia

Resumen

Estudos básicos sobre técnicas de extração de DNA são de extrema importância para o sucesso de trabalhos científicos no campo da biologia molecular. A extração e a purificação de ácidos nucleicos constituem etapas fundamentais
para o estabelecimento de posteriores análises genéticas. Objetivou-se neste trabalho avaliar a eficácia de diferentes
protocolos de extração de DNA por meio da determinação de quantidade, qualidade e a possibilidade de amplificação por meio de PCR do material genético extraído. Utilizou-se amostras de sangue de dez animais, que foram
submetidas à extração de DNA e, logo após à reação em cadeia pela polimerase (PCR). Os resultados das análises
obtidas por nanofotometria indicaram que a quantidade e a qualidade do DNA genômico foram consideradas satisfatórias, em todos os protocolos, para a realização da PCR, mas houve diferença estatística significativa entre os
parâmetros analisados, tanto na quantidade quanto na qualidade (p < 0.05) do DNA obtido. O protocolo de extração
utilizando sangue total foi mais eficiente quanto ao tempo e a qualidade do DNA extraído, entretanto em todos os
processos de extração houve ausência de degradação. Também foi demonstrado a possibilidade de amplificação da
região do exon 2 do gene da leptina de bovinos no DNA extraído.

##plugins.themes.bootstrap3.article.details##

Sección
Notas de Investigación